segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Canadá - como tudo começou

Há alguns posts compartilhei que estamos de mudança para o Canadá...então resolvi contar como essa "ideia" começou. Em junho do ano passado, o Daniel foi visitar a irmã dele e cunhado que moram em Calgary. Foi numa boa, para conhecer o lugar, matar a saudade e fazer algumas comprinhas porque a Lara chegaria no final do ano. Eu também iria com a Sophia, mas precisei ficar porque minha gravidez era de risco.
O Daniel se encantou com a cidade. Em uma das nossas ligações, ele quis saber o que eu achava da gente morar fora ou se eu conseguia enxergar nossa família morando fora do Brasil. No começo eu achei que era brincadeira dele ou que meu cunhado estava colocando uma pressãozinha para ele mudar para lá. Mas, na verdade, o Daniel começou a imaginar como nossa vida seria melhor naquele lugar. Conversamos muito enquanto ele estava lá e decidimos orar até ele voltar (depois de 1 mês).
Quando ele voltou, conversamos um pouco mais e decidimos orar por mais alguns meses sobre o assunto. Também conversarmos com nossos pais para sabermos a opinião deles. Valorizamos muito os conselhos que nossos pais nos dão porque eles são pessoas de Deus e que nos amam muito.
O Senhor foi confirmando algumas coisas através de pessoas e acontecimentos. Meu coração foi ficando em paz quanto à decisão - porque, afinal de contas, eu que deveria decidir. O Daniel falou que eu seria quem sofreria mais com a mudança (saudades da família, do clima, das pessoas...), por isso que eu "teria a palavra final". Eita pressão, hehehehe! Mas tudo foi se encaixando...e em setembro decidimos que iríamos.
Não contamos para todos porque o Daniel ainda precisava alinhar tudo na empresa.
Começamos a ir atrás de toda a documentação para as meninas e eu conseguirmos a cidadania (como o Daniel tem a dupla cidadania, ele consegue "sponsor" a gente). Larinha tirou passaporte, Daniel preencheu milhares de papeis (coitado, deu dó), tiramos um monte de fotos, fizemos exames médicos e juntamos várias "provas" de que nosso casamento é real (depois de 13 anos de relacionamento e 2 filhas, ainda precisamos provar alguma coisa :)  )
Enviaremos tudo isso até o final dessa semana e depois é só esperar. O Daniel vai no comecinho de maio e eu vou com as meninas em junho. Ele vai antes para procurar emprego e começar a preparar tudo. Achamos mais fácil ele fazer isso sozinho, com a ajuda da Grace e do André (meus cunhados queridos) lá.
É um passo de fé, mas antes de planejarmos qualquer coisa, entregamos tudo isso nas mãos do Senhor. Ele tem o melhor para nós, temos a certeza disso. Colocamos, como meta, ficarmos no mínimo 3 anos para depois decidirmos se ficamos mesmo ou voltamos.
Vou sentir muita saudade...desde pequenos detalhes, como comidas e outras coisas culturais, até importantíssimas pessoas...minha família (um pedaço do meu coração ficará aqui). E já choro ao escrever. Mas não quero ficar pensando nisso, temos que sempre pensar no que Deus tem para o Daniel , para mim e para as meninas. Quais novos ministérios poderemos ter, como poderemos crescer como casal e como filhos de Deus. É claro que terei que voltar para o Brasil pelo menos 1 vez no ano, tentar ver minha família 2x (falar com minha mãe todo dia!!! hehehehe...viva o skype!).
Orem por nós para que tudo dê certo. Estamos muito animados, mas será uma grande mudança.

Aos poucos vou colocando as razões porque decidimos mudar...


2 comentários:

Ilka Ferreira disse...

Deus abençoe vc e sua família Aline! =)

Aline Portela disse...

Amém, lindona!!!